Sem categoria

Escola de Música e Artes Dom Bosco aponta benefícios que as aulas de teatro promovem aos estudantes

Artes cênicas proporcionam desenvolvimento de habilidades de memorização e melhora na timidez; coordenador dos cursos extracurriculares Colégio Salesiano Santa Teresinha aponta pontos positivos

Mais do que proporcionar a educação básica aos alunos com as habilitações tradicionais, é importante incentivar outras áreas ao longo da trajetória dos pequenos. Esportes, dança e diferentes idiomas são algumas das opções comuns ofertadas pelos colégios. O teatro tem tomado cada vez mais espaço entre as alternativas, por mexer diretamente com a imaginação das crianças. Apesar de parecer uma simples brincadeira, a prática deve ser levada a sério e o ideal é que as instituições ofereçam um local apropriado. Pertencente ao Colégio Salesiano Santa Teresinha, a estrutura da Escola de Música e Artes Dom Bosco dispõe de ambiente apropriado para as aulas. “É essencial que o professor de teatro tenha formação não só pedagógica, mas também artística, pois um mau direcionamento poderá levar a problemas futuros irreversíveis no desenvolvimento dos estudantes”, explica André Dias e Castro, coordenador do espaço.

Segundo o docente, diversas questões comportamentais podem ser solucionadas ao matricular seu filho na atividade. Crianças tímidas são induzidas a eliminar a barreira que as impede de socializar com os colegas de classe, além de ser um empurrãozinho para ajudar a criar laços e se enturmar. As artes cênicas são ainda uma ferramenta aos educadores que têm dificuldade em decifrar alunos mais retraídos: “Quando devidamente estruturada e acompanhada, as aulas são artifícios que fazem o professor perceber traços da personalidade do pequeno, como ele se comporta quando está sozinho ou em grupo, permitindo um melhor direcionamento para a aplicação do seu trabalho pedagógico”, completa o coordenador.

A imaginação também é outro aspecto ressaltado para aqueles que fazem parte dessa turma. Ao receber o desafio de dar vida a um personagem, as habilidades criativas são acionadas e ampliadas. Por receberem o estímulo para alimentar diferentes narrativas, acabam se tornando leitores ávidos, sem falar no avanço do poder de memorizar, já que exercitam a mente para ter o texto na ponta da língua em meio a uma apresentação. Enganam-se os pais que acreditam que as vantagens desse processo limitam- se ao universo escolar ou à fase infantil. “Essas habilidades desenvolvidas dão oportunidades para que a garotada atue efetivamente no mundo, opinando, criticando e sugerindo”, destaca o responsável pelos cursos extracurriculares da Escola de Música e Artes Dom Bosco. Ou seja, são competências levadas ao longo de toda a vida.

Fotos da estrutura teatral da Escola de Música e Artes Dom Bosco:

Crédito: Colégio Salesiano/Divulgação

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.