Receitas Sem categoria

Saiba agora como fazer as melhores massas italianas no conforto de casa

Entre as várias migrações registradas no Brasil, a italiana foi uma das maiores, cerca de 25 milhões de descendentes vivem no País hoje. Devido a isso, diversas tradições italianas se misturaram com as brasileiras. A culinária foi uma delas, é só observar as variedades de pizzas que se tem aqui ou o grande consumo de massas, sempre com um “toque brasileiro”. Com isso, a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo disponibiliza gratuitamente o livro “Momento Gourmet – Brasil-Itália”, com as melhores dicas para você que quer comer as melhores massas sem sair de casa.

Dentro da cozinha italiana, existem dois tipos básicos de massa: a seca e a fresca. A seca é mais usada para preparações de sopas, por sua característica firme e maior tempo de cozimento. Ela é produzida em fábricas e vendida em grandes volumes nos supermercados. Já a fresca, é mais facilmente encontrada em cantinas ou podem ser feitas artesanalmente em casa. É caracterizada pelo aroma fresco e textura macia. Mas atenção na hora do cozimento, pois costuma ser bem menor do que a seca.

Então, qual é a mais nutritiva, a seca ou a fresca? Segundo a nutricionista Etelma Mendes, da Codeagro, ambas possuem o mesmo valor nutricional e o que as difere, nessa questão, é o seu teor de umidade. Por serem ricas em carboidratos, as massas levam a fama de serem responsáveis pelo aumento de peso, mas, na maioria das vezes, o que realmente engorda são seus acompanhamentos de molhos feitos à base de manteiga, bacon, queijo e creme de leite, que possuem alto teor calórico. “O recomendável é o consumo moderado e com molhos mais saudáveis feitos com berinjela, abobrinha, escarola, rúcula, tomate, abóbora, que são fontes de vitaminas, proteínas e cálcio”, completou Etelma.

Dentre tantas variedades, a mais conhecida é o macarrão, mas, o que não falta na mesa do brasileiro, é variedade, como o nhoque, a lasanha, o capeletti, entre várias outras. E nada melhor do que seu molho favorito para acompanhar. O mais conhecido é a bolonhesa, feito com molho de tomate e carne moída, mas existem outros que você pode experimentar como o bechamel (branco), feito com leite e pimenta-do-reino, e para quem prefere um mais saudável tem o molho de legumes com cenoura, batata e chuchu.

Veja agora uma deliciosa receita de nhoque de batata:

noque.png

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.