Destaques Dicas

50º FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO

ABERTURA: 29 JUNHO (SÁB), 20H30, AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO

Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, evento realizado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado, que acontece de 29 de junho a 28 de julho, celebra sua quinquagésima edição com grandes atrações, tanto na cidade de Campos do Jordão, como na capital paulista. Reconhecido como o maior festival de música clássica da América Latina, em sua longa trajetória, tem proporcionado aos espectadores uma programação de altíssima qualidade, com obras sinfônicas, camerísticas e corais.

Serão cerca de 150 concertosem maioria gratuitos, programados em dois eixos: Clássico e Popular-Sinfônico. O programa clássico tem a curadoria da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e o programa popular-sinfônico tem a curadoria da Orquestra Jazz Sinfônica, corpos artísticos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo. 

“Estamos falando de um novo Festival de Inverno de Campos do Jordão. Inteiramente renovado, com uma estrutura grande e um número recorde de locais e apresentações. Trata-se de um novo conceito e uma nova experiência para o público. Estamos enriquecendo a programação com atrações jovens, nomes consagrados da MPB, concertos com músicas de filmes, trilhas de games e, claro, uma programação clássica de altíssimo nível, com grandes orquestras e solistas”, destaca o Secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão. 

Ao longo de todo o Festival, muitas comemorações! Além da quinquagésima edição do evento, os concertos celebrarão os 20 anos da Sala São Paulo e os aniversários de diversos compositores, cujas obras serão tocadas nos programas: o centenário de nascimento de Claudio Santoro, os 80 anos de Marlos Nobre e Leo Brower, e os 60 de João Guilherme Ripper. 

abertura oficial será realizada no dia 29/06 (sáb), às 20h30, no Auditório Claudio Santoro, com um concerto da Osesp sob a regência de Marin Alsop, tendo como solista o barítono Paulo Szot. No mesmo dia, antes da abertura oficial, às 16h30, a Jazz Sinfônica, sob a regência de Nelson Ayres, faz um concerto gratuito com a cantora Mônica Salmaso, na Praça do Capivari. 

Na primeira semana, as atrações sinfônicas em destaque são a Filarmônica de Goiás, regida por Neil Thomson, com o clarinetista britânico Michael Collins; a Orquestra Sinfônica do Paraná, com Stefan Geiger (regente) e a italiana Francesca Dego (violino); a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, com Roberto Minczuk (regente) eArcádio Minczuk (oboé); e a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, com Claudio Cruz (regente)e a ucraniana Anna Fedorova (piano). 

Já o domingo abre com uma apresentação ao ar livre da Jazz Sinfônica com Carlinhos Brown, na Praça do Capivari (30/07, 11h30), seguindo com bandas sinfônicas no período da tarde, no mesmo local. No fim de semana, também estão programados concertos de câmara no Palácio Boa Vista, tanto no palco ao ar livre como na Capela do Palácio. 

E, na segunda-feira (01/07), começam os concertos de câmara gratuitos diários, sempre às 18h30, no Espaço Cultural Dr. Além, região central de Campos do Jordão, oferecendo música de qualidade, não somente para quem passa férias na cidade, como para toda a população local. 

ABERTURA OFICIAL

Osesp com Marin Alsop (regente) e Paulo Szot (barítono).

29/06 (sáb), 20h30, Auditório Claudio SantoroIngressos: R$ 100.  

Osesp, comandada por sua diretora musical e regente titular Marin Alsop, faz o concerto de abertura do Festival (29/06, 20h30, Auditório Claudio Santoro), tendo como solista o consagrado barítono brasileiro Paulo Szot, vencedor do Tony Award 2008 de melhor ator pelo musical South Pacific. O programa traz peças sinfônicas e operísticas de grandes compositores russos: Ruslan e Ludmila: Abertura, de Mikhail Glinka; Eugene Onegin: Vi mnye pisali – Kogda bi zhizn (ária de Onegin), de Pyotr Il’yich Tchaikovsky; Príncipe Igor: Ária (ária de Igor), de Alexander Borodin; Sinfonia nº 4 em fá menor, Op.36, de Tchaikovsky.

Na ocasião, o Governador João Doria e o Secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão homenagearão cinco personalidades que marcaram a história do Festival: o maestro Eleazar de Carvalho, um dos criadores do evento e de sua programação pedagógica; o maestro e pianista João Carlos Martins, que realizou as primeiras apresentações de música clássica na cidade, no Hotel Toriba; Roberto Minczuk, diretor artístico do Festival de 2004 a 2010 e atual regente da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo; Fabio Mechetti, regente assistente de Eleazar de Carvalho no Festival e atual regente titular e diretor artístico da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais; e o violonista Fabio Zanon, um dos principais concertistas da atualidade, coordenador artístico-pedagógico do Festival desde 2013.

AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO

29/06 (sáb), 20h30Ingressos: R$ 100

Abertura do 50º Festival de Inverno de Campos do Jordão.

Osesp com Marin Alsop (regente) e Paulo Szot (barítono).(Leia informações sobre o programa acima)

30/06 (dom), 12h. Ingressos: R$ 50.

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, sob regência de Roberto Minczuk, com o oboísta Arcádio Minczuk (Osesp) como solista. No programa, O Barbeiro de Sevilha: Abertura, de Gioacchino Rossini; Concertino para Oboé e Cordas, de Brenno Blauth; e Sinfonia nº 7 em Lá maior, Op.92, de Ludwig van Beethoven.

30/06 (dom), 16h30. Gratuito.

Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, sob a regência de Cláudio Cruz, tendo como solista a ucraniana Anna Fedorova, uma das mais destacadas pianistas da nova geração. O programa traz a Rapsódia sobre um Tema de Paganini, Op.43, de Sergei Rachmaninov, e a Sinfonia nº 9 – Homenagem a Francisco Mignone, de Claudio Santoro, compositor brasileiro que tem celebrado seu centenário de nascimento em 2019.

04/07 (qui), 20h30. Ingressos: R$ 50.

Orquestra Sinfônica do Paraná, sob a regência de Stefan Geiger, tendo como solista a jovem violinista italiana Francesca Dego, artista com uma celebrada carreira internacional em ascensão. Abrindo o programa, a Orquestra interpreta o Concerto para Violino em Ré maior, Op.35, de Pyotr Il’yich Tchaikowsky. Na sequência, executa oConcerto para Orquestra de Bela Bartók.

05/07 (sex), 20h30. Ingressos: R$ 50.

Filarmônica de Goiás, sob o comando de seu diretor artístico e regente titular Neil Thomson, recebe como solista o clarinetista britânico Michael Collins. O programa traz aAbertura Carnaval, Op.92, de Antonin Dvorák, o Concerto nº 1 para Clarinete em fá menor, Op.73, de Carl Maria von Weber, e, de Claudio Santoro, compositor que tem seu centenário de nascimento comemorado esse ano, a Sinfonia nº 10 – Amazonas.

PRAÇA DO CAPIVARI

29/06 (sáb), 16h30. Gratuito.

Jazz Sinfônica, sob a regência de Nelson Ayres, recebe a cantora Mônica Salmaso. No programa, Jogos de Dança*, de Edu Lobo; Amphibious, de Moacir Santos; Meia-noite*, de Chico Buarque e Edu Lobo; Tim tim por tim tim*, de Haroldo Barbosa e G. Jacques; Noite*, de Nelson Ayres; Flor da idade*, de Chico Buarque; Odeon*, de Ernesto Nazareth; três obras de Chico Buarque e Edu Lobo: Valsa Brasileira*, A permuta dos santos** e Frevo diabo*; e É luxo só*de Ary Barroso. (*arranjo de Nelson Ayres;  ** arranjo de Tiago Costa)

30/06 (dom), 11h30. Gratuito.

Jazz Sinfônica e Carlinhos Brown. Sob a regência de Luís Gustavo Petri, o multifacetado artista Carlinhos Brown apresenta versões orquestrais de suas composições e parcerias. No repertório, Ajeumbó / Pelebé Nitobé, de Aloísio Menezes (Portela) e Matheus Almeida (Dadinho)[arr: Ubiratan Marques]; Candeal de Santo Antonio (arr: Alexandre Guerra, Carlinhos Brown, Felipe de Souza), Frases Ventais (arr: Gerson Barbosa), Hawaii e you (arr: Jaques Morelenbaum)e Muito obrigado, Axé (arr: Ubiratan Marques), de Carlinhos Brown; Música (arr: Chico de Moraes), de Carlinhos Brown e Cézar Mendes; e O que seria de nós dois (arr: Renato Fonseca), Talavera (arr: Alexandre Guerra, Carlinhos Brown, Felipe de Souza) e Zambie Mameto (arr: Alexandre Guerra, Carlinhos Brown, Felipe de Souza),de Carlinhos Brown.

30/06 (dom), 13h30. Gratuito.

Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, com Mônica Giardini (regente) interpretam as obras Sun Dance, de Frank Ticheli; Piece of Mind, de Dana Wilson; La Marche, de Friedrich Burgmüller, e Wind Symphony nº 1 – If Rachel in a yellow Rose, de Nancy Galbraith

30/06 (dom), 15h30. Gratuito.

Banda Sinfônica da Polícia Militar do Estado de São Paulo, com Major Clebio de Azevedo (regente). Programa: Abertura Appalachian, de Barnes; Cavalaria Ligeira: Abertura, de Suppe; Piratas do Caribe, de Badelt; Desafinado, de Tom Jobim; Porgy and Bess: Abertura, de Gershwin; Arrebol  – Ária em Sol para Barítono, de Reginaldo Budai; e Salute to American Jazz, de Sammy Nestico.

PALÁCIO BOA VISTA

30/06 (dom), 11h, Capela do Palácio. Gratuito

Veredas Operísticas. Recital da harpista Paola Baron, com peças para harpa inspiradas em temas de óperas. No programa, Souvenir de Mozart (sobre árias de Don Giovanni), de John Balsir Chatterton; Variações sobre a Ária “Je suis encore dans mon printemps”, Op.36, de Ludwig Spohr; Fantasia sobre Aida de Giuseppe Verdi, Op.11, de Giovanni Caramielo; Fantasia sobre Temas de Eugene Onegin de Tchaikovsky, Op.81, de Ekaterina Walter-Kühne; Cavalleria Rusticana: Intermezzo (transcrição de Michele Albano), de Pietro Mascagni; e Fantasia sobre Temas de O Moldava de Bedrich Smetana, Op.43, de Hanus Trnecek.

30/06 (dom), 15h, Palco Externo do Palácio do Governo. Gratuito.

Septeto de Jazz da Emesp Tom Jobim. O grupo interpreta composições de autores da MPB e do jazz: Jogral, de Filó Machado; Nós, de Johnny Alf; Incompatibilidade de Gênios, de João Bosco; Fotografia, de Tom Jobim; Rhythm-a-ning, de Thelonious Monk; Povo, de Freddie Hubard; Along Came Betty, de Art Blakey; Skylark, de Hoagy Carmichael; e Speak no Evil, de Wayne Shorter.

ESPAÇO CULTURAL DR. ALÉM

01/07 (seg), 18h30. Gratuito.

O duo formado pelo violoncelista Raiff Dantas Barreto e o pianista Rogério Zaghi interpreta obras de Frédéric Chopin em transcrições para os dois instrumentos, além de peças de compositores brasileiros. No programa, Mazurkas: Op.6 nº 1 e 2 & Op.7 nº 2 e 1, Noturnos: Op.32 nº 1, Op.37 nº 1 e Op.posthumus, Valsa Op.64 nº 2 em dó sustenido menor, de Chopin; Modinha, de Francisco Mignone; Luz, de Edmundo Villani-Côrtes; Três Peças, de César Guerra-Peixe; e Confidências, Brejeiro e Escorregando, de Ernesto Nazareth.

02/07 (ter), 18h30. Gratuito.

O duo formado pela vioinista Elisa Fukuda e a pianista Vera Astrachan interpreta as peças Sonatina para Violino e Piano em Ré maior, D 384, de Franz Schubert; Sonata nº 26 para Violino e Piano em Si bemol maior, KV 378, de Wolfgang Amadeus Mozart; e Sonata nº 4 para Violino e Piano, de M. Camargo Guarnieri.

03/07 (qua), 18h30. Gratuito.

Sexteto Clio, formado por Diego Nadra (oboé), Mônica Lucas (clarinete), André Cortesi (flauta), Roger Iagr (violino barroco), William Coelho (viola barroca) e André Micheletti (violoncelo barroco), apresenta o concerto Mozart em instrumentos históricos, interpretando o Quarteto para oboé e cordas em Fá maior, KV 370; Quarteto para clarinete e cordas em Si bemol maior, KV Anh.170, nº 1; e o Quarteto para flauta e cordas em Sol maior, KV 285ª.

04/07 (quin), 18h30. Gratuito.

O grupo formado por Rosana Diniz (piano), Bernardo Bessler (violino) e Christine Springuel (viola) toca o Trio em Mi bemol maior, KV 498 – Kegelstatt, de Mozart, e Trio em Mi bemol maior, Op. 40, de Brahms.

05/07 (sex), 18h30. Gratuito.

O duo formado pelo violinista Fabio Brucoli e a pianista Rosana Diniz interpretam o Scherzo da Sonata F-A-E, de Brahms; a Sonata em lá menor, Op. 105, de Schuman; e aSonata nº 1 em fá menor, Op. 80, de Prokofiev.

IGREJA DE SANTA TEREZINHA

05/07 (sex), 17h. Gratuito.

Coro Juvenil da Osesp, sob a regência de Marcos Thadeu, com a participação de Roberto Sion (piano e arranjos), Rogério Zaghi (piano*), Itamar Collaço (contrabaixo),João Gabriel (violão), Valentina Facury (percussão), Lucas Moutinho (monitor/regente **) e Eduardo Pires (monitor/regente ***), apresenta um repertório de música brasileira, com as peças Isto é bom**, de Xisto Bahia; Róseas Flores d’Alvorada (modinha imperial)***; Folhas Secas, de Nelson Cavaquinho; O Gago, de Noel Rosa; Prenda Minha (canção do folclore gaúcho brasileiro); O Xote das Meninas, de Luiz Gonzaga; Canções Praieiras, de Dorival Caymmi; Ah, se eu pudesse, de Roberto Menescal e Ronaldo Boscoli; Morro Velho, de Milton Nascimento; Beatriz*, de Chico Buarque e Edu Lobo; Pela luz dos olhos teus, de Tom Jobim e Vinícius de Morais.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

http://www.festivaldeinverno.sp.gov.br/

SOBRE O FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DE CAMPOS DO JORDÃO

Criado em 1970 pelos maestros Eleazar de Carvalho, Camargo Guarnieri e Souza Lima, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão Dr. Luís Arrobas Martins foi inspirado no Festival de Tanglewood, nos EUA, e combina, com excelência, uma programação de música de concerto a um trabalho pedagógico amplo e qualificado.


Na sua 50ª edição, consolida-se como o maior e mais importante festival de música clássica da América Latina, oferecendo aos bolsistas a vivência com importantes nomes da música nacional e internacional e, paralelamente, a uma programação cultural de qualidade – em grande parte gratuita –, que beneficia não somente a cidade de Campos do Jordão, mas todo o entorno, ampliando as oportunidades de acesso à música erudita.

NÚCLEO PEDAGÓGICO DO FESTIVAL

Concentrado na Sala São Paulo, o núcleo pedagógico recebe 199 bolsistas (193 já aprovados e até seis alunosde regência, que ainda passarão por uma prova final). Os jovensestudantes participarão de aulas e ensaios diários com mais de 50 professores brasileiros e estrangeiros, além de integrar os diversos grupos do Festival, apresentando-se na programação musical do evento ao longo de todo o mês de julho.

Prêmio Eleazar de Carvalho contemplará o/a bolsista que mais se destacar nessa edição, concedendo a ele/a uma bolsa de US$ 1.400 mil (um mil e quatrocentos dólares) mensais para estudar por um período de até nove meses em uma instituição estrangeira de sua escolha, além de ter cobertas as despesas de translado entre o Brasil e o exterior. A Fundação Osesp poderá premiar outros bolsistas que se destacarem durante as atividades, a definir.

REALIZAÇÃO 

O 50º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, realizado pela Fundação Osesp. Tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, coordenação artístico-pedagógica de Fábio Zanon; e conta com o patrocínio master da Sabesp, Pirelli, Grupo 3corações e Stella Artois; apoio Rede, Cacau Show, Localiza e Fritz Dobbert; e promoção da Folha de S.Paulo, Bandnews TV, Rádio e TV Cultura e 29 Horas.

AMIGOS DO FESTIVAL 

Desde 2013, a Fundação Osesp conta com a colaboração de uma rede de estabelecimentos comerciais na cidade de Campos do Jordão, que contribui para a divulgação de informações sobre a programação de concertos. Esses estabelecimentos recebem um selo que os identificam como Amigos do Festival e mostram engajamento com um dos mais tradicionais projetos culturais da cidade.   

SERVIÇO 

Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão 

Data: de 29 de junho a 28 de julho

Ingressos: início das vendas online em 14 de junho. Nos pontos de vendas em Campos do Jordão, a partir de 21 de junho.

Concertos em Campos do Jordão – festivalcamposdojordao.byinti.com

Concertos em São Paulo – festivalsaopaulo.byinti.com

Os concertos na Praça do Capivari, na Igreja de Santa Terezinha, na  Palácio do Governo (Palco Externo e Capela), no Espaço Cultural Dr. Além (Campos do Jordão) e na Sala do Coro (Sala São Paulo) são gratuitos

Os concertos pagos em Campos do Jordão  têm ingressos à venda pela internet ou nas bilheterias do Auditório e da Praça do Capivari, com valores que variam de $ 50 a R$ 100 (sujeita à taxa de conveniência dependendo do local de aquisição). 

Os concertos pagos na Sala São Paulo têm ingressos à venda pela internet e ou nos totens localizados no piso térreo da Sala São Paulo, com valores que variam de R$ 20 a R$ 80 (sujeita à taxa de conveniência dependendo do local de aquisição). 

Benefício de meia-entrada para estudantes, pessoas acima de 60 anos, jovens (15 a 29 anos) pertencentes a famílias de baixa renda, pessoas com deficiência, professores, diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores e titulares da rede pública estadual e municipal de ensino, mediante identificação no ato da compra e no dia da apresentação.

Confira abaixo como adquirir ingressos de acordo com o local da apresentação: 

AUDITÓRIO CLAUDIO SANTORO 

Av. Dr. Luís Arrobas Martins, 1.880, Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.2334

Vendas: Bilheterias do Auditório Claudio Santoro – apenas em dias de concerto, a partir de duas horas e meia antes do início da apresentação e Praça do Capivari – diariamente das 10h às 18h, e pela internet.

Quando gratuitos: Retirada de ingressos a partir de duas horas antes da apresentação, na bilheteria do Auditório, limitada a dois ingressos por pessoa e à capacidade do local (814 lugares).

ESPAÇO CULTURAL DR ALÉM

Avenida Dr. Januário Miraglia, 1.582. Abernéssia – Campos do Jordão – SP

Gratuito. Distribuição de ingressos no local a partir de uma hora antes da apresentação, limitada à capacidade do local (186 lugares).

IGREJA DE SANTA TEREZINHA

Rua Tadeu Rangel Pestana, 662, Abernéssia – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1740

Gratuito. Entrada livre, limitada à capacidade do local (200 lugares).

PALÁCIO DO GOVERNO – CAPELA

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Gratuito. Distribuição de ingressos no local a partir de uma hora antes da apresentação, limitada à capacidade do local (120 lugares).

PALÁCIO DO GOVERNO – PALCO EXTERNO

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Gratuito. Entrada livre.  

PALÁCIO DO GOVERNO – PALCO INTERNO

Rua Adhemar de Barros, 3.001, Vila Alto da Boa Vista – Campos do Jordão – SP, T 12 3662.1122

Vendas: Bilheterias do Auditório Claudio Santoro – apenas em dias de concerto, a partir de duas horas e meia antes do início da apresentação e Praça do Capivari – diariamente das 10h às 18h, e pela internet.

PRAÇA DO CAPIVARI

Praça São Benedito – Vila Capivari – Campos do Jordão – SP

Gratuito. Ao ar livre.

SALA SÃO PAULO – SALA DE CONCERTOS

Praça Júlio Prestes, 16, Campos Eliseos – São Paulo – SP, T 11 3367.9500

Vendas online, nos totens localizados no piso térreo da Sala São Paulo e Bilheteria no dia da apresentação, desde duas horas e meia antes do início do concerto. Concertos gratuitos, a definir (1484 lugares).

SALA SÃO PAULO – SALA DO CORO

Praça Júlio Prestes, 16 – 2º andar, Campos Eliseos – São Paulo – SP, T 11 3367.9500

Gratuito. Retirada de ingressos a partir de uma hora antes da apresentação e limitada à capacidade do local (150 lugares).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.