Destaques

Vinícolas catarinenses brindam fim da Substituição Tributária

Com anúncio da medida que passa a vigorar a partir de outubro, produtores buscam ampliar mercados

As vinícolas de Santa Catarina têm bons motivos para comemoração. Isso porque foi anunciado o fim da Substituição Tributária (ST) para o vinhos e derivados catarinenses. A medida do governador Carlos Moisés da Silva atende à demanda aos vitivinicultores do Estado que está entre os maiores produtores brasileiros. A partir do dia 1º de outubro, as empresas não precisarão pagar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de forma antecipada, antes da comercialização ao consumidor final.

Santa Catarina é o segundo estado da região Sul a adotar o fim do mecanismo. O Rio Grande do Sul já havia tomado a medida e a cobrança antecipada não ocorre desde agosto. O governo do Paraná também deverá anunciar o fim da ST em novembro.              

O presidente da Associação Vinho de Altitude Produtores e Associados de Santa Catarina, José Eduardo Bassetti, afirma que a retirada da ST trará maiores condições de competitividade, em especial para vendas fora do estado.

“A diferença da tributação do vinho importado chega a quase 10 vezes, já que a ST nestes produtos é sobre o valor de entrada enquanto a dos nossos vinhos é sobre o valor de comercialização. Temos a convicção de que este anúncio vai ajudar nesta expansão que estamos projetando, com a participação em grandes feiras como a Wine South America e a possibilidade de mostrar a qualidade dos nossos produtos para o público”, acredita.

De 25 a 27 de setembro, 15 vinícolas de micro e pequeno porte dos Vales da Uva Goethe e dos Planaltos Serrano e do Norte levarão à segunda edição da Wine South America – Feira Internacional do Vinho, em Bento Gonçalves (RS), a qualidade e a diversidade de seus rótulos para um estande exclusivo dos vinhos catarinenses, valorizando o terroir de cada uma das diferentes regiões. A participação coletiva é viabilizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Santa Catarina.          

Para o diretor da Wine South America, Marcos Milanez, o aumento de vinícolas de Santa Catarina presentes na feira e o anúncio do fim da ST deverão contribuir para expandir a venda de vinhos catarinenses no mercado.

“Teremos compradores de todos os estados brasileiros e essa medida traz maior competividade para estas empresas, melhorando o capital de giro e atraindo novos negócios”, avalia.      
      

Confira as vinícolas que estarão no estande:   
Casa del Nonno – Urussanga (SC)          
De Noni – Urussanga (SC)          
Hiragami – São Joaquim (SC)
Leone Di Venezia – São Joaquim (SC)                   
Pericó – São Joaquim (SC)           
Serra do Sol – Urubici (SC)        
Suzin – São Joaquim (SC)          
Thera – Bom Retiro (SC)               
Vigna Mazon – Urussanga (SC)               
Villa Francioni – São Joaquim (SC)     
Villaggio Bassetti – São Joaquim (SC)                      
Villaggio Conti – São Joaquim (SC)         
Vinhedos do Monte Agudo – São Joaquim (SC)           
Vinhos Quarezemin – Içara (SC)                
Vinhos Trevisol – Urussanga (SC)      

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.