Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos trazem atividades para as crianças

Eventos e Baladas

Doze de outubro, no Brasil, comemora-se o Dia da Criança e o Dia Nacional da Leitura. Além disso, este ano, na semana entre os dias 11 e 17, também celebra-se a Semana Nacional da Leitura e da Literatura. Para aproveitar todas essas homenagens, as bibliotecas de São Paulo (BSP) e Parque Villa-Lobos (BVL) prepararam programações com atividades voltadas para o público infantil que está aprendendo a ler e que tem a leitura como hábito.

A BSP e a BVL são equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, geridas pela Organização Social SP Leituras – eleita pelo segundo ano consecutivo uma das 100 Melhores ONGs do Brasil.

Populares entre as crianças, os grupos Trii e Tiquequê fazem lives no Especial Dia da Leitura. Dia 10, às 15h, na BSP, Marina Pittier, Fê Stok e Ed Encarnação, do Grupo Triii, apresentam o show “Miudinho”. Dia 11, às 15h, na BVL, Diana Tatit e Wem, do Tiquequê, apresentam um show em que alternam números musicais com algumas brincadeiras e conversas informais com o público. As apresentações serão transmitidos ao vivo no Facebook da BSP (@BSPbiblioteca) e da BVL (@BVLbiblioteca). Não é necessário fazer inscrição.

A atriz e escritora Marina Bastos comanda a Hora do Conto Interativa Online na BVL, que acontece no dia 17, às 16h. Nesta roda virtual especial do programa, ela vai contar a história da Branca de Neve, dos Irmãos Grimm!. Para participar, acesse www.bvl.org.br/inscricao. Vagas limitadas. 

O Grupo Êba também se apresenta nas duas bibliotecas para contar histórias da tradição oral, com interpretação na língua brasileira de sinais. Na BSP, dia 24, às 16h, é a vez da lenda do Boi Bumbá. Para participar, acesse www.bsp.org.br/inscricao. Vagas limitadas. Na BVL, dia 31, às 16h, o grupo narra a lenda sul-africana de Mazanendaba, que viajou em busca das histórias que sumiram da cabeça do seu povo. Inscrições a partir do dia 9, às 10h. Para participar, acesse www.bvl.org.br/inscricao. Vagas limitadas.

Programas permanentes destinados ao público infantil, como o Lê no Ninho, Pintando o 7 e o Leitura ao Pé do Ouvido ganharam novo formato, com dicas nos sites, envio de peças informativas por e-mail e até vídeos em nossas redes sociais. Confira nas páginas das bibliotecas no Facebook e no Instagram.

Com a necessidade de estimular o distanciamento social e outras medidas de proteção contra o contágio pelo novo coronavírus, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo criou o #Culturaemcasa, que amplia a oferta de conteúdos virtuais dos equipamentos.

Importante lembrar que as bibliotecas continuam com atividades de programação cultural suspensas. 

Para mais informações, acesse os sites da BSP (www.bsp.org.br) e da BVL (www.bvl.org.br). 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.