Bombay lança seu primeiro gin saborizado com frutas vermelhas no Brasil

Dicas

Bramble é feito com infusão de amoras e framboesas. Versatilidade e criatividade são as grandes apostas da marca para trazer novas experiências ao consumidor brasileiro

O gin premium mais vendido do mundo traz ao Brasil seu primeiro gin saborizado, Bombay Bramble. Sucesso de vendas na Europa, o produto é feito com London Dry Gin e infusão de amoras e framboesas frescas, responsáveis pela cor e pelo sabor da bebida. O destilado atende a uma demanda crescente dos consumidores por ingredientes cada vez mais naturais.

A inspiração para o nome veio do verbo “to bramble”, que em inglês significa colher pequenas frutas selvagens. As amoras e framboesas são colhidas quando estão mais maduras e saborosas e, então, são infusionadas em um spirit neutro de alta qualidade para transmitir e infundir suas características. O Gin Bombay é destilado por meio de um processo de infusão à vapor único que acontece na destilaria da empresa na cidade de Laverstoke Mills no Reino Unido, criando assim uma base perfeita. É a combinação desses dois processos que origina o sabor vibrante de Bombay Bramble.

Sempre em busca de inovações, a companhia não trouxe apenas um novo sabor para o mercado, mas também uma nova técnica para o processo produtivo. “Desafiamos a convenção da categoria e nos recusamos a seguir a prática comum de adicionar cores artificiais, sabores concentrados e açúcar adicional para atingir o sabor desejado”, explica Veridiana Carvalho, Head de Marketing da Bacardi Brasil. “Em vez disso, misturamos nosso Original London Dry Gin com uma rica infusão de amoras e framboesas. É um processo mais complexo e demorado e que permite que os ingredientes naturais ganhem protagonismo”.

O produto chega às principais redes de varejo de São Paulo e Rio de Janeiro ainda este mês e está disponível para todo o país nos parceiros de e-commerce.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.