Matérias Sem categoria

Feriado de Corpus Christi – Vai ficar em São Paulo? Saiba como aproveitar

Saiba quais lugares ficam abertos em São Paulo durante a emenda de feriado de Corpus Christi, entre 31/05 e 03/06. Abaixo, dicas para quem estiver na cidade e deseja comer e aproveitar a cidade:

Centro

  • Café do Farol por Suplicy Cafés

O Suplicy Cafés, localizado no Farol Santander, estará funcionando normalmente durante. Na quinta e sexta, a casa serve o menu executivo com salada + prato principal + sobremesa, por R$48 e no final de semana, é servido o brunch assinado pelo chef Victor Dimitrow, a partir de R$ 65. E para os amantes de café, a sugestão é o Cold Brew Nitro, por R$12, ou o expresso do Café do Farol, por R$6,50.

Café do Farol por Suplicy Cafés, Farol Santander
Rua João Brícola, 24 – 26º andar
Ingressos: a partir de R$15. O passeio completo sai por R$20.

Paulista e região

  • Café do Mirante por Suplicy Cafés

Um dos pontos turístico da cidade, o Mirante 9 de Julho , desde abril, está sob o comando do Suplicy Cafés no cafés e na gastronomia. O cardápio trás comidinhas práticas e rápidas – buraco quente com maionese de agrião e pimenta biquinho (R$17), e pão de forma, queijo canastra e banana (R$15) – para ser consumidas nas mesinhas até nas escadarias do local. Para os amantes de café, tem o copo de cold brew por R$8 e o machiato solo, R$7.80.

Serviço:
Rua Carlos Comenale, Bela Vista
Horário de funcionamento: Terça a Domingo – 10h às 22h

  • Japan House – últimos dias da amostra “Oscar Oiwa no Paraíso – Desenhando o efêmero”

A mostra ‘Oscar Oiwa no Paraíso – Desenhando o efêmero’ conta com uma seleção de trabalhos do artista plástico nissei Oscar Oiwa, importante player da cena contemporânea nipônica. Especialmente para o encerramento, a exposição contará com visitas guiadas, nos dias 01 e 02 de junho, com a presença do próprio artista desnudando e explorando sua obra.

Oiwa apresenta a instalação inédita Paraíso, um desenho em 360 graus de uma paisagem projetada pelo artista dentro de um balão inflável em material vinílico. A exposição integra o calendário oficial de celebração dos 110 anos da imigração japonesa ao Brasil, comemorados em 2018. Neste link, imagens e vídeo/timelapse que retratam as telas e a intervenção especial, feita especialmente para o centro cultural: http://drive.google.com/drive/folders/1HphstY4khzdXX8pRlYXZiMr8uOWzU2dx?usp=sharing

Serviço:
Endereço: Avenida Paulista, 52 (Piso Térreo)
Até dia 03 de junho – Entrada gratuita
VISITA GUIADA com o artista OSCAR OIWA (conversa seguida de visita a exposição)
Dia 01 de junho – 11 e 19h / Dia 02 de junho – 10:30h
Horário de funcionamento:
Terça-feira a Sábado: das 10h às 22h
Domingos e feriados: das 10h às 18h
Confira a programação no www.facebook.com/JapanHouseSP/

Itaim Bibi e região

  • Trabuca Bar

O Trabuca Bar, maior vendedor de gin da América Latina, fica aberto durante todos os dias do feriado, exceto no domingo. O Cajuína Tônica (combinação entre cajuína, gin e fatias de caju e água tônica resultou na refrescante), por R$32 e o Penicillin (mistura harmoniosa entre Black Label, limão, mel de orquídeas, gengibre, aromatizado com toque defumado, acompanhado de um gengibre caramelizado), R$36, é uma das opções sem GIN, são um dos drinques mais vendidos da casa. Já a cozinha da casa serve pokes como o de salmão (com endamame, sunomomo de rabanete e alga nori sobre goahn), por R$ 28, bolinho trabuca (carne de panela e pimenta biquinho), por R$ 27.

Serviço:
AvenidaJuscelino Kubitschek, 1.444 – Itaim Bibi / São Paulo

Dias e horários de funcionamento:

Quinta-feira e sexta-feira das 18h às 02h, sábado das 16h às 02h e domingo: casa fechada.

Sobre o Trabuca Bar – Localizado na Avenida Juscelino Kubitschek, se destaca na cena paulistana por ser destino atraente e divertido para um happy hour ou noite badalada. A casa oferece ambiente moderno e agradável. No bar, sua carta de drinques oferece receitas autorais, bem executadas e de apresentação surpreendente, assinados pelo time de criação. Sua gastronomia investe na releitura peculiar da culinária de boteco paulistana. Na badalada programação, Deejays conceituados na cena musical nacional, se dividem no comando das pick-ups.

Sobre Suplicy Cafés Especiais – Aberta há 15 anos no coração dos Jardins, em São Paulo, a Suplicy Cafés Especiais foi a primeira cafeteria a trazer para o Brasil o conceito de café especial. Com uma ampla rede de 19 lojas (cinco próprias em São Paulo e no Rio de Janeiro, e 14 franquias), o Suplicy Cafés Especiais é uma das maiores cafeterias do Brasil e ponto de referência para quem procura por um bom café.

Com grãos 100% brasileiros, provenientes de fazendas do interior de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, a marca conta com seis principais linhas de produtos: torra clara, torra média, torra escura, orgânico, descafeinado e micro lote. A cafeteria oferece diversos métodos de extração do café, recomendados para cada nível de moagem do grão, entre eles: espresso, filtrado, moka, cold brew, cold brew nitro e prensa francesa.

Sobre Oscar Oiwa – Nascido em São Paulo e formado pela FAU/USP no final da década de 1980, Oscar Oiwa mudou-se nos anos 90 para Tóquio, onde viveu por 11 anos. Reconhecido artista plástico, possui obras nos acervos do The National Museum of Modern Art, Tokyo; Museum of Contemporary Art, Tokyo; Phoenix Museum of Art; Prince Albert II of Monaco Foundation; entre outros. Em 1995, foi para Londres onde passou um ano após ganhar a bolsa The Delfina Studio Trust, artist in residence grant. Mais tarde recebeu as seguintes bolsas americanas: The Pollock-Krasner Foundation (1996), John Simon Guggenheim Memorial Foundation (2001) e Asian Cultural Conciul (2002). Atualmente reside e trabalha em Nova York. Hoje é representado pelas seguintes galerias: Artfront Gallery (Tóquio), BTAP+Tokyo Gallery (Beijing/Tóquio), Keumsan Gallery (Seoul) e Connoiseur Contemporary (Hong Kong). Foi convidado para fazer o poster dos eventos “Fifa World Cup 2014 – Official Art Poster” e “Mountreux Jazz Festival 2013”.

Sobre a JAPAN HOUSE São Paulo
A JAPAN HOUSE São Paulo é uma instituição dedicada a mostrar o melhor do Japão do século 21. Inaugurada em maio de 2017, foi a primeira a abrir as portas no mundo, seguida por Los Angeles (soft opening em dezembro de 2017) e Londres (será inaugurada no primeiro semestre de 2018). Desde sua abertura, o público brasileiro vem sendo convidado a ter uma experiência genuína e única dos modos de viver do Japão contemporâneo. A JAPAN HOUSE São Paulo promove, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.