Dicas

Dia do Vinho Brasileiro: evento chega renovado à 10a edição

A partir desse ano, o Dia do Vinho incorpora a nominação ‘Brasileiro’ e ganha a adesão de novas regiões do país no escopo da programação festiva que envolve vinho, gastronomia e turismo

O Dia do Vinho chega ao décimo ano consecutivo, se expandindo para novas regiões e passa a se chamar Dia do Vinho Brasileiro. Neste ano, municípios e empreendimentos dos estados de Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina passam a integrar a série de ações simultâneas que ocorrerão entre 17 de maio e 2 de junho. Eles se juntam às demais regiões produtoras do Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo. A relação completa das cidades será divulgada até o final deste mês.           

Nesta edição também será apresentada a nova identidade visual. Com traços mais contemporâneos e linguagem moderna, as peças destacam a abrangência nacional dos eventos, mantendo algumas das características já conhecidas do grande público que acompanhou os últimos anos.          

O presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, Vicente Perini, afirma que os 10 anos de Dia do Vinho merecem ser festejados porque o evento abriu um novo período de incremento no fluxo turístico, inicialmente na Serra Gaúcha, e que está se expandindo para outras regiões do país. “Temos um aumento médio entre 10% e 15% na ocupação hoteleira, boa movimentação nos restaurantes e em outros atrativos turísticos que fazem destas duas semanas uma das melhores épocas para o setor”, informa.

Oscar Ló, presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), destaca a visibilidade tanto dos destinos enoturísticos como do próprio vinho brasileiro após 10 edições. O dirigente acredita que a série de ações acabou incentivando a realização de eventos pelas prefeituras e associações que acabam complementando as atrações no período. “Iniciamos com descontos em produtos até chegarmos ao desenvolvimento de atrações específicas para o Dia do Vinho. Em 2019, completando uma década, podemos brindar a chegada de novos roteiros e a consolidação de regiões já conhecidas. Todo esse movimento é importante para ampliarmos a cultura do vinho no país e a promoção do turismo de experiência”, sinaliza.

E é justamente a promoção do turismo que foi percebida pela gestora da Pousada do Capuchinhos, de Vila Flores, Maria Rita Galli Gregol. Segundo ela, desde que o município aderiu às atividades, seja com programação especial em comunidade como no empreendimento, há quatro anos, é visível o acréscimo do fluxo, no interesse dos turistas pelo destino e na mobilização dos próprios moradores. “Outro ponto é a questão da visibilidade, tendo em vista que a divulgação nos veículos de comunicação reflete muito além das datas festivas e alusivas ao Dia do Vinho”, completa.      

A expansão da programação do Dia do Vinho já surte efeito no Roteiro do Vinho de São Roque, a cerca de 60 quilômetros da capital paulista. O presidente do roteiro, Tulio Santos Patto, percebeu um aumento considerável no movimento nos dias de semana durante os mais de 15 dias de mobilização. Segundo ele, o Dia do Vinho vem se fortalecendo ano a ano em São Roque e, atualmente, conta com a participação de todas as vinícolas, restaurantes e bares da região. “Para este ano vamos fazer uma promoção unificada que divulgaremos posteriormente. É importante salientar que independente de ser Norte, Sul ou Sudeste, são todas as regiões que fazem do vinho brasileiro um produto especial e agora com essa nova identidade, adotando Dia do Vinho Brasileiro, esse conceito de um país vitivinícola e de enoturismo ficará ainda mais fortalecido”, acredita.

Sobre o Dia do Vinho       
O evento Dia do Vinho ocorre desde 2010. A celebração é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil e Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS), e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.  

O Dia do Vinho do Brasileiro tem o apoio do Sebrae, por meio do convênio Valorização dos Vinhos Brasileiros.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.