Receitas

Bacalhau da Noruega: até 30% a mais de sabor

No Brasil, o bacalhau é bastante consumido em épocas festivas, como a Páscoa e o Natal, mas esse peixe pescado nas águas frias e cristalinas dos mares que circulam o Polo Norte, na Noruega, é muito mais versátil. Existem diversas possibilidades de receitas, muito além das receitas tradicionais. Tanto o autêntico Bacalhau da Noruega, o Gadus morhua, quanto os peixes da mesma família (Gadidae) – Saithe, Zarbo e Ling – rendem até 30% a mais após o dessalgue, ou seja, eles retornam o volume que perderam durante o processo de salga e secagem, totalmente livre de conservantes.

Se a ideia é ter esse peixe sempre pronto para o preparo em qualquer época do ano, é importante se atentar quando for comprar e armazenar em casa. Na hora da compra, é vale checar a origem do produto. Busque pelas etiquetas e pela logomarca, e pergunte ao vendedor para se certificar que o produto é realmente exportado da Noruega. Para armazenar em casa, é preciso seguir os quatros passos:

1º – Ao comprar o bacalhau na bandeja, retirar o filme plástico, fazer o mesmo no caso de comprar no saquinho, e colocar em vasilhame bem limpo, seco e com tampa.
2º – Mantenha sempre em local frio. O bacalhau salgado e seco deve ser mantido em refrigerador (nunca manter em temperatura ambiente, em armários, prateleiras, etc).
3º – Se você já fez todo o processo de dessalgue, basta armazenar no freezer por até oito meses (observando sempre a data de validade) e pincelar com azeite para evitar o ressecamento.
4º – Nunca congele o bacalhau ainda salgado.

Para inovar no preparo dos peixes, o Conselho Norueguês da Pesca, em parceria com a influenciadora Natália Palmegiano, do Cook’n Enjoy, lançou uma série de receitas exclusivas, disponibilizadas semanalmente, no perfil do Bacalhau da Noruega no Instagram e Facebook.

Receitas parceria Bacalhau da Noruega e Cook’n Enjoy


Bolinho de Bacalhau da Noruega com pimenta-dedo-de-moça recheado com queijo
Nível de dificuldade: Fácil
Tempo: 1 hora
Rendimento 20 bolinhos

Ingredientes:
300g de postas finas de Saithe salgado seco da Noruega, após dessalgar
300g de batata asterix descascada
1 gema
2 colheres de sopa (10g) de salsinha picada
2 colheres de chá (6g) de pimenta-dedo-de moça bem picada
100g de queijo muçarela em cubinhos
Óleo vegetal para fritura

Modo de fazer:
Colocar bastante água em uma panela de tamanho médio e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar as postas finas de peixe salgado seco Saithe.
Deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos.
Retirar com uma escumadeira e deixar o Saithe escorrer bem.
Nessa mesma panela (não descartar a água) acrescentar a batata e deixe cozinhar até ficar bem macia.
Depois de retirar da água, escorrer e amassar a batata ainda quente.
Com o Saithe já mais frio, retirar a pele, as espinhas e desfiar com um pano limpo.
Em uma tigela, acrescentar a batata amassada, o Saithe desfiado, a gema, a salsinha e a pimenta-dedo-de-moça e misturar muito bem.
Pegar cerca de 1 colher de sopa de massa, abra um buraco com o dedo e rechear com o queijo muçarela em cubinhos.
Fechar com mais massa de bolinho e modelar com o auxílio de 2 colheres de sopa.
Fritar em óleo quente até dourar.


Empadinha de Bacalhau da Noruega
Nível de dificuldade: Média
Tempo: 1 hora e 30 minutos
Rendimento 10 empadinhas médias

Ingredientes:
Recheio
250g de Saithe salgado seco da Noruega, após dessalgar
1 colher de sopa (20g) de manteiga
1 colher de sopa (13 ml) de azeite de oliva
1 cebola picada
2 dentes de alho picado
2 colheres de sopa (28g) de farinha de trigo
1 xícara (240 ml) de leite
Sal a gosto
¼ de xícara (25g) de azeitona picada
3 colheres de sopa (15g) de salsinha picada

Massa
2 xícaras e ½ (300g) de farinha de trigo
7 colheres de sopa (140g) de manteiga gelada
3 colheres de sopa (30g) de creme de leite
½ colher de chá (2,5g) de sal
1 ovo

Modo de fazer:
RECHEIO: Levar uma panela com água ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar o Saithe após dessalgar.
Deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos.
Retirar com uma escumadeira e deixar escorrer bem.
Quando estiver mais frio retirar a pele e espinhas e soltar as pétalas.
Colocar em uma panela em fogo médio a manteiga, o azeite, a cebola e o alho e refogar.
Acrescentar a farinha de trigo e mexer rapidamente.
Adicionar o leite aos poucos sempre mexendo e manter no fogo por mais 2 minutos.
Colocar as azeitonas e o Saithe em pétalas e ir misturando bem (ele irá desfiar de forma irregular).
Deixar cozinhar por 1 minuto.
Desligar o fogo e colocar a salsinha picada e sal (se necessário).
Deixe esfriar enquanto prepara a massa.

MASSA: Em uma tigela colocar a farinha, a manteiga, o sal, o creme de leite e o ovo batido, misturando tudo com a ponta dos dedos até ficar homogêneo.
MONTAGEM: Pegar um pouco de massa abrir com a ponta dos dedos e forrar as forminhas de empada com a massa.
Colocar o recheio frio na massa.
Colocar mais massa por cima para fechar a empada.
Caso queira uma empadinha brilhante e mais dourada pincelar um ovo batido.
Levar ao forno pré-aquecido a 200ºC por aproximadamente 30 minutos.
Rende 10 empadinhas médias.


Creme de Palmito com pétalas de Bacalhau da Noruega
Nível de dificuldade: Fácil
Tempo: 20 minutos
Rendimento 2 porções

Ingredientes:
200g de Gadus morhua da Noruega, após dessalgado
1 colher de sopa (13 ml) de azeite de oliva
1 cebola picada
1 vidro de palmito (270g)
2 colheres de sopa (28g) de farinha de trigo
2 xícaras (480 ml) de leite
Sal a gosto
Noz moscada a gosto
1 colher de sopa (5g) de cebolinha picada

Modo de fazer:
Colocar bastante água em uma panela e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar o bacalhau.
Deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos.
Retirar com uma escumadeira e deixar o bacalhau escorrer bem.
Com o bacalhau já mais frio retirar a pele, espinhas e soltar as pétalas.
Em outra panela colocar o azeite e a cebola e refogar até que a cebola fique transparente.
Em seguida, acrescentar o palmito e a farinha de trigo e mexer um pouco.
Acrescentar o leite e manter no fogo por mais 2 minutos.
Desligar o fogo e transferir toda a mistura da panela em um liquidificador e bater bem.
Transferir de volta o creme para a panela e levar ao fogo novamente.
Temperar com sal e noz moscada a gosto.
Após levantar fervura cozinhar por 3 minutos.
Desligar o fogo e acrescentar as pétalas de bacalhau e a cebolinha picada.
Manter a panela tampada por 2 minutos e sirva em seguida.


Bacalhau da Noruega com páprica picante grelhado na manteiga com legumes
Nível de dificuldade: Fácil
Tempo: 25 minutos
Rendimento 2 porções

Ingredientes:
2 lombos de Gadus morhua da Noruega, após dessalgado
1 colher e 1/2 de sopa (30g) de manteiga
1 colher de sopa (13ml) de azeite de oliva
1 colher chá (2g) de páprica picante
2 folhas de louro
150g de brócolis em floretes cozidos e al dente
100g de cenoura em cubos cozida e al dente
2 colheres de sopa (10g) de cebolinha picada

Modo de fazer:
Colocar bastante água em uma panela e levar ao fogo alto junto com as 2 folhas de louro, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar o bacalhau e deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos.
Retirar com uma escumadeira e deixar o bacalhau escorrer bem.
Com o bacalhau já mais frio retire as espinhas.
Em uma frigideira em fogo baixo coloque o azeite de oliva e a manteiga e deixe aquecer.
Coloque os lombos de bacalhau e vire a cada 2 minutos.
Quando grelhar de todos os lados, retire da frigideira.
Acrescente nesta frigideira os cubinhos de cenoura e os brócolis e refogue até ficarem macios.
Sirva junto com o bacalhau e decore o prato com cebolinha picada.

Site – http://bacalhaudanoruega.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/BacalhauDaNoruega/
Instagram: @bacalhaudanoruegabrasil
Hashtags: #bacalhaudanoruega #oautêntico

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.